Marketing de indicação: como funciona no consultório odontológico?

114886 marketing de indicacao como funciona no consultorio odontologico

O marketing de indicação é um instrumento poderoso para os consultórios quando bem trabalhado. A probabilidade de alguém optar por determinado serviço ao receber a indicação de outra pessoa é grande, ainda mais quando o assunto é saúde.

É claro que, se o seu trabalho e o atendimento forem executados de modo exemplar, naturalmente os pacientes tendem a indicar o seu consultório. Entretanto, há meios de incentivá-los a praticarem essa ação. Dessa forma, você conseguirá atrair mais pessoas por um custo menor.

Quer saber como funciona o marketing de indicação no consultório odontológico e conferir algumas dicas? Continue lendo este artigo!

Não tenha medo de pedir indicações

A primeira dica, mais óbvia para alguns, nem tanto para outros, é pedir para os pacientes te indicarem. Muitos não adotam essa prática por medo de parecerem desesperados. Mas não é bem assim.

É comum, no mercado em geral, solicitar indicações aos clientes, e não deve ser diferente nos consultórios. Porém, é necessário pedir educadamente e saber a hora certa. Se você notar que o paciente está satisfeito, esse é o momento propício.

Ofereça brindes

As pessoas gostam de ganhar um benefício ao contratar um serviço. Mesmo que não seja algo com um valor exorbitante, elas se sentem valorizadas.

Além de oferecer os tradicionais brindes que conhecemos, como chaveiros e canetas, você pode criar um programa de fidelidade e oferecer descontos.

Tenha um marketing certeiro

O marketing tradicional e o digital também são importantes para a indicação. Imagine, por exemplo, aquele artigo elaborado que você postou no blog e várias pessoas compartilharam. De certa forma, elas estão te indicando.

Quando você produz conteúdos que têm possibilidade de viralizar em seus canais de comunicação, a tendência é que as pessoas repassem para as outras de seu círculo de amizade. Se o artigo sobre “formas de clarear os dentes” ajudou ela, supõe-se que ajudará mais pessoas.

Preocupe-se com a rede de contatos

Isso vale para todas as profissões, porém, os profissionais da área odontológica podem se beneficiar ainda mais. Se o seu colega do ramo está com a agenda lotada e não consegue atender um caso urgente, ele indicará o paciente para outro.

Portanto, criar um bom relacionamento com as pessoas ao seu redor, proporciona benefícios, em médio e longo prazo, essenciais para a sua carreira.

Crie engajamento nas redes sociais

O relacionamento não deve se limitar aos profissionais do ramo. Os pacientes precisam de tratamentos especiais, inclusive, fora do consultório.

Os perfis das empresas nas redes sociais, como o Facebook, contam com um espaço para avaliações e comentários. Se você é daqueles que procura sempre responder as perguntas e manter um diálogo com os usuários, possivelmente será bem avaliado. Esse fator pesa bastante no momento de decisão do cliente.

Faça um controle de indicações

A última dica deste post é mensurar os resultados do seu trabalho. Dessa forma, você consegue saber quais ações estão dando retorno.

Na ficha de cadastro dos pacientes, basta inserir a seguinte pergunta: como conheceu o nosso consultório? O ideal é deixar o espaço livre para não limitar as opções. Após coletar as informações, poderá corrigir as falhas e dar ênfase no que está funcionando.

Como você pôde perceber, para conseguir indicações é aconselhável que você estimule esse processo. Apenas esperar que isso ocorra, pode fazer você perder muitos clientes em potencial.

Agora que você já sabe como funciona o marketing de indicação para consultórios, que tal ler o nosso post e aprender como oferecer diferentes ofertas odontológicas?

Como melhorar a autoestima do paciente no consultório odontológico?

109253 como melhorar a autoestima do paciente no consultorio odontologico

Você quer se destacar como dentista e não sabe de que maneira fazer isso? Deseja ampliar os serviços oferecidos em sua clínica, mas não descobre no que investir? Saiba que o sentimento de inferioridade e a solidão estão entre as doenças do século. Portanto, é muito importante que um profissional da área da saúde tenha empatia por seus pacientes e saiba torna a autoestima deles melhor.

Continue lendo “Como melhorar a autoestima do paciente no consultório odontológico?”

6 características do dentista empreendedor de sucesso!

112187 6 caracteristicas do dentista empreendedor de sucesso 2000x1200

A Odontologia é uma área muito atraente, o que faz com que haja grande concorrência dos seus profissionais no mercado. Em vista disso, vale a pena conhecer e investir em algumas características para conseguir destacar-se e ser um dentista empreendedor de sucesso.

Como o empreendedorismo não é um tema tão explorado durante a faculdade, é importante buscar outras maneiras de desenvolver certas competências para que o negócio prospere e atraia cada vez mais pacientes.
Continue lendo “6 características do dentista empreendedor de sucesso!”

Vale a pena oferecer aparelhos dentários transparentes na clínica?

112777 vale a pena oferecer aparelhos dentarios transparentes na clinica 2000x1200

É bem provável que você já tenha visto (ou ao menos ouvido falar sobre) os aparelhos dentários transparentes. Essa é uma ótima forma de alinhar os dentes de forma mais discreta e acelerada — e que tem feito muito sucesso!

Ainda assim, alguns profissionais ainda ficam em dúvida se vale a pena oferecer esse tipo de serviço em sua clínica. Se essa é a sua situação, então está no lugar certo. Entenda neste post porque essa é uma ótima alternativa e como ela pode diferenciar ainda mais o seu negócio. Vamos lá?
Continue lendo “Vale a pena oferecer aparelhos dentários transparentes na clínica?”

5 dicas de sucesso para redes sociais de consultórios odontológicos

87237 5 dicas de sucesso para redes sociais de consultorios odontologicos

Hoje em dia não há como fugir das possibilidades proporcionadas pela internet sem se tornar obsoleto. Por isso que as redes sociais de consultórios, lojas e todo tipo de empresa têm feito muito sucesso, ajudando a atrair e aproximar o público.

O maior desafio, nesse caso, é gerenciar essas redes de forma a transmitir confiança e credibilidade para os pacientes. Pensando nisso, listamos, a seguir, algumas dicas para ter sucesso nessa tarefa. Leia o post e entenda mais sobre o assunto:

1. Amplie as formas de relacionamento com seus pacientes

O grande objetivo é aproximar os pacientes do seu consultório para melhorar o relacionamento entre vocês e, consequentemente, atrair e fidelizar cada vez mais pessoas.

Em vista disso, é importante explorar os benefícios que cada rede social pode oferecer para ampliar essas formas de relacionamento. Normalmente, a mais usada é o Facebook já que a grande maioria das pessoas são usuárias ativas dessa rede.

Mas se a ideia é ampliar os canais de comunicação, não deixe de considerar outras alternativas. O Instagram, por exemplo, também tem grande força entre os brasileiros e é muito utilizado para a divulgação de fotos e vídeos com dicas e promoções — o que costuma atrair muitas pessoas.

2. Atinja um público segmentado

Uma das vantagens de ter um perfil para o seu consultório nas redes sociais é conseguir alcançar um público mais segmentado, de acordo com as características que você deseja ou identifica como primordiais.

No próprio Facebook é possível impulsionar suas publicações apenas para determinados tipos de pessoas — que estejam na faixa etária e na região que você escolheu, por exemplo.

Assim, você não perde tanto tempo e até mesmo dinheiro com publicidade, correndo o risco de atingir pessoas que não estejam dentro do seu público-alvo. Isso quer dizer que as redes sociais possibilitam um marketing mais direcionado.

Você conseguirá ainda ter acesso a um feedback que outros métodos, como e-mails marketing, panfletos e cartões distribuídos nas ruas não conseguem oferecer. Essas plataformas disponibilizam dados relevantes sobre o alcance das publicações, ajudando você a traçar novas estratégias.

3. Mantenha suas redes sociais sempre atualizadas

Manter as redes sociais de consultórios desatualizadas é uma falha cometida por muitos profissionais e empresas. Mesmo depois de entenderem a importância da presença virtual e criarem seus sites e redes sociais, eles deixam suas páginas sem qualquer tipo de publicação — o que não costuma passar uma boa impressão.

Essas ferramentas virtuais se tornaram uma fonte de comunicação rápida e prática para as pessoas, seja para conferir endereços, telefones, marcar consultas, tirar dúvidas e até mesmo acompanhar posts informativos.

Ou seja, uma preocupação do administrador deve ser mantê-las sempre atualizadas, com os dados corretos e, de preferência, mantendo uma boa frequência de postagens para estimular a interação e atrair ainda mais pessoas.

4. Divulgue conteúdo de qualidade

Imagine um belo consultório com ótimos profissionais para atender os pacientes da melhor maneira possível. Mas se o site, as páginas nas redes sociais, a logomarca e as fotos não forem apropriadas, provavelmente elas não conseguem transmitir uma boa imagem para o público.

Logo, outro fator fundamental para o seu sucesso é ter cuidado com a identidade visual e com a qualidade do conteúdo publicado. Se você não se preocupa com detalhes importantes, como prezar pela boa escrita, escolher boas imagens, passar informações verídicas e que sigam um critério ético, a sua credibilidade poderá ser afetada.

Por isso, muitos profissionais optam por contratar pessoas especializadas em áreas como o marketing digital para fazer esse serviço, ou então se dedicam a aprender mais sobre o assunto.

5. Fortaleça sua imagem no mercado

No fim das contas, a ideia de fazer todo esse trabalho bem executado é fortalecer a sua imagem no mercado. A concorrência em qualquer mercado tem crescido a cada dia, fazendo com que seja necessário utilizar certas ferramentas para ganhar mais destaque.

E as redes sociais podem ajudar bastante nesse sentido, servindo para divulgação dos seus serviços e para a comunicação com o tipo de público que você espera receber em seu consultório odontológico.

E aí, gostou de saber mais sobre redes sociais de consultórios? Então, siga as nossas páginas no Facebook e no Instagram para continuar acompanhando outras dicas e novas ideias para utilizar em suas redes!

Quais tipos de aparelho dentário possuem maior demanda do público?

92425 quais tipos de aparelho dentario possuem maior demanda do publico

Um sorriso bonito é essencial não apenas para a vida pessoal, como também pode ter uma influência positiva até mesmo em nossas profissões. Quem não tem um excelente ganho de autoconfiança quando está com os dentes perfeitamente alinhados? Sendo assim, conhecer quais são os tipos de aparelho dentário possuem maior demanda do público é essencial.

A tecnologia e o conhecimento na área da ortodontia permitem um serviço excelente nos dias de hoje, com resultados que podem surpreender até mesmo os pacientes mais exigentes. E você, quer ficar por dentro dessa área? Então não deixe de conferir o conteúdo que preparamos a seguir:

Aparelho fixo

O aparelho fixo é o tipo mais comum e praticamente todo mundo conhece esse modelo. Ele movimenta os dentes por meio da aplicação de forças leves e bem calculadas pelo dentista. É composto basicamente pelos bráquetes, que são colados na arcada, e pelo fio metálico. Para a fixação, são utilizadas ligaduras ou elásticos.

A correção é feita gradualmente em direção à posição correta e o seu custo é reduzido. O grande inconveniente fica por conta da impossibilidade da remoção a qualquer momento, mas isso também permite que o profissional não dependa muito da colaboração do paciente para chegar ao resultado esperado.

Aparelho móvel

O aparelho móvel também é bastante comum e, como o próprio nome sugere, é um artefato que pode ser removido para atividades como as refeições ou as escovações. O ideal é que seja empregado na correção de alguns movimentos dentários errados ou como contenção para garantir a manutenção do resultado obtido com o fixo.

Sua vantagem se dá por conta do menor impacto visual, mas o grande problema é que o uso precisa ser constante e o profissional dependerá da colaboração dos pacientes para não prejudicar o tratamento.

Alinhadores transparentes

Os alinhadores transparentes são os mais procurados nos dias de hoje, pois combinam a melhoria da saúde bucal, o alinhamento e a estética ao mesmo tempo. Sendo assim, oferecer essa opção acaba funcionando como uma excelente técnica de marketing para a clínica, pois as pessoas naturalmente virão atrás do produto.

Eles são produzidos com acetato transparente e são perfeitos para quem deseja discrição. O aparelho também é fácil de higienizar. A única desvantagem fica por conta do preço que é consideravelmente mais elevado, mas isso não é suficiente para reduzir o sucesso de vendas que essa alternativa vem obtendo.

Aparelho estético

O aparelho estético é similar ao fixo, mas com uma diferença marcante: os bráquetes imitam a coloração dos dentes naturais. Os materiais podem variar, mas em geral são feitos de porcelana, safira ou policarbonato. A grande desvantagem é o custo, pois ele acaba saindo mais caro do que a versão tradicional.

Aparelho autoligado

O aparelho autoligado tem como principal vantagem a possibilidade de ter resultados mais rápidos do que os outros. Os materiais são os mesmos da versão tradicional, mas a grande mudança está nas borrachinhas: elas acabam sendo dispensáveis nesse modelo em razão das canaletas do próprio bráquete, que cumprem sua função.

Esses são os tipos de aparelho dentário que possuem maior demanda do público. Ficou interessado? Então entre em contato com a nossa empresa e conheça as nossas opções!

Recepção de pacientes: conheça as melhores práticas para consultório

93177 recepcao de pacientes conheca as melhores praticas para consultorio

Proporcionar conforto, bem-estar e a sensação de estar num lugar agradável e acolhedor é um dos objetivos que uma recepção de pacientes deve priorizar. Ao contrário do que muitos pensam, o atendimento começa quando o paciente chega ao consultório e procura um lugar para se acomodar.

O simples fato de ser cumprimentado pelos recepcionistas de forma cordial faz a diferença no nível de satisfação. Ninguém gosta de se relacionar com atendentes que estão com impaciência e mau humor. Afinal, é preciso estar atento a um velho ditado popular: “A primeira impressão é a que fica”.

Para evitar a perda de pacientes e aumentar a qualidade dos serviços prestados, vamos apresentar cinco dicas infalíveis para melhorar o nível do atendimento. Confira:

1. Tenha foco no treinamento

Pode até parecer exagero, mas não é. Alguns pacientes desistem até de marcar uma consulta, caso não recebam um atendimento qualificado por telefone. Muitos podem até deixar de retornar ao consultório quando não forem atendidos devidamente pelos recepcionistas.

Por isso, é muito importante investir em treinamentos que possibilitem ao atendente proporcionar um serviço mais qualificado para o público-alvo. Se escolher um profissional ruim para ter contato direto com os pacientes, o dentista terá um sério risco de perder boa parte dos pacientes.

Com certeza, ninguém quer enfrentar esse tipo de situação, principalmente, num cenário de crise econômica e de alta concorrência.

2. Procure fazer o paciente se sentir em casa

Uma boa regra de atendimento é se colocar no lugar do paciente. Então, pense de que maneira você gostaria de ser recebido. Com essa tarefa cumprida, fica mais fácil cumprir alguns requisitos que colaboram para um excelente atendimento, como:

  • manter o local limpo e bem organizado;

  • disponibilizar um banheiro que também facilite o acesso para pessoas com necessidades especiais;

  • fornecer água, café, suco e biscoitos de boa qualidade;

  • disponibilizar copos descartáveis e guardanapos;

  • manter a temperatura do ar-condicionado adequada para o ambiente.

3. Tenha recursos para tornar a recepção de pacientes mais agradável

É inegável que o conforto é muito importante para conquistar o paciente. Contudo, é primordial tornar a espera para a consulta mais tranquila, oferecendo algumas alternativas que ajudem a distrair o público, como:

  • música ambiente de boa qualidade;

  • televisão com programas de entretenimento ou filmes que não abordem temas polêmicos;

  • revistas atualizadas sobre assuntos relacionados com o cotidiano ou a área de atuação do profissional de saúde;

  • livros que tratem de temas de interesse dos pacientes, como viagens, decoração, artes etc;

  • vídeos com desenho e revistas infantis, caso o local tenha o costume de receber crianças;

  • oferecer internet Wi-Fi, o que ajuda o paciente a resolver pendências online e a ficar bem informado. Meninos e meninas também gostam de usar a web para jogar nos dispositivos móveis.

4. Tenha cuidado na escolha dos móveis

Nem sempre uma decoração extremamente bonita e atraente é sinônimo de comodidade. Por isso, não tenha foco somente na estética, pense em como o local pode ser organizado para proporcionar conforto ao público-alvo.

Caso tenha dificuldade, procure um decorador. Esse profissional está habilitado para indicar as melhores alternativas para tornar o ambiente mais agradável. Escolher cadeiras, poltronas ou sofás adequados para o consultório é um passo importante para deixar os pacientes bem acomodados e mais tranquilos para esperar a consulta.

5. Procure ouvir a opinião dos pacientes

Ofereça a oportunidade de o paciente colaborar para aperfeiçoar o atendimento. Uma boa maneira de fazer isso é por meio de pesquisas de opinião. Por WhatsApp ou por e-mail, é possível enviar formulários eletrônicos.

Com essa medida, fica mais fácil verificar aspectos que podem ser aperfeiçoados e fazer com que a recepção de pacientes ajude a melhorar o nível de satisfação com os serviços oferecidos pelo profissional de saúde.

Para ficar bem informado sobre as tendências da odontologia, curta as nossas páginas no Facebook, Instagram e Twitter. Não deixe de nos seguir!

4 dicas para atrair pacientes que não possuem plano odontológico

92887 4 dicas para atrair pacientes que nao possuem plano odontologico

Em tempos onde o mercado é competitivo em praticamente todos os segmentos, os empreendimentos da área de saúde e seus profissionais perceberam que é fundamental investir em novas maneiras de atrair e fidelizar o público. Dentro desse contexto, conhecer algumas dicas para atrair pacientes que não possuem plano odontológico é essencial.

O lado bom dessa história é que existem diversas ações altamente eficazes e pouco dispendiosas de fazer com que esses pacientes em potencial optem espontaneamente por utilizar os seus serviços. Quer aprender como fazer isso? Então confira o conteúdo que preparamos a seguir:

1. Aposte no poder da internet

O primeiro passo para atrair pacientes que não possuem plano odontológico é apostar no poder da internet. Quem não tem um convênio certamente vai utilizar a grande rede para buscar profissionais e, ao marcar uma boa presença online, você ampliar as suas chances de fazer com que eles cheguem até o seu consultório.

Invista no marketing digital, mesmo que de uma maneira mais básica. Tudo começa com um bom website, que deve passar credibilidade e conter o endereço e as formas de contato. As redes sociais também são importantes: tenha perfis profissionais. Um blog com conteúdo sobre a área de saúde também é uma boa ideia.

2. Faça parcerias estratégicas

Uma outra maneira de conseguir pacientes que não possuem plano odontológico é fazendo parcerias estratégicas. Analise, por exemplo, se as empresas de maior porte que você tem nas adjacências da sua clínica estariam abertas para isso e ofereça condições especiais para que os funcionários se tratem com você.

Caso você queira pensar melhor e, principalmente, tenha estrutura para isso, você pode partir para voos mais altos, negociando com sindicatos, escolas e faculdades. Uma clínica odontológica, em linhas gerais, interage muito com as pessoas que a cercam geograficamente: use isso a seu favor.

3. Conceda descontos indicações

Conceder descontos para quem indicar outro paciente é outra estratégia bastante inteligente. Tenha em mente que o marketing boca a boca ainda é altamente eficiente e você pode utilizar isso para conseguir não apenas novos pacientes, mas também para transformar os antigos em verdadeiros promotores da sua clínica.

Você pode, por exemplo, proporcionar uma consulta grátis ou um tratamento com um belo desconto para quem trouxer parentes, amigos ou colegas de trabalho. Apenas lembre-se de estabelecer regras claras para isso, de maneira que você não corra o risco de acabar tendo uma indisposição com alguém por conta de mal-entendidos.

4. Ofereça tratamentos diferenciados

Por fim, ficar na vanguarda dos tratamentos e equipamentos odontológicos é essencial para qualquer empreendimento que anseie pelo sucesso. Portanto, mais do que antecipar as tendências do segmento, você deve utilizar tecnologia de ponta para atrair a atenção do público que não possui um convênio.

Uma boa ideia, por exemplo, é apostar no uso dos aparelhos invisíveis feitos com tecnologia 3D. Eles são objetos do desejo de muita gente e podem garantir um fluxo excelente de pessoas na sua clínica, tendo ou não um plano odontológico.

E agora, pronto para atrair pacientes que não possuem plano odontológico? Gostou desse conteúdo? Então confira também o nosso artigo sobre como gerir um consultório!

5 dicas para montar kit de higiene bucal para pacientes na ortodontia

88461 5 dicas para montar kit de higiene bucal para pacientes na ortodontia

Mesmo que não seja um bicho de sete cabeças, colocar um aparelho ortodôntico requer alguns cuidados especiais. Entre eles, uma boa ideia é montar um kit de higiene bucal para ajudar o seu paciente a manter a saúde da boca em dia.

Com a rotina corrida que a maioria das pessoas vive, o ideal é carregar alguns acessórios que facilitem a higienização em qualquer momento — o que contribui, inclusive, para a evolução do tratamento e manutenção de um sorriso bonito.

Então, não deixe de ler o post a seguir para aprender algumas dicas importantes para montar um kit como esse e compartilhá-lo com os seus pacientes.

Por que montar um kit de higiene bucal para o seu paciente?

O principal motivo é justamente poder higienizar os dentes e a boca em diferentes lugares e situações. Sobretudo para quem não fica muito em casa, é melhor carregar o kit para tê-lo sempre acessível — especialmente depois das refeições.

A ideia é reforçar para o paciente que, quando estamos fazendo um tratamento ortodôntico, é fundamental cuidar muito bem da higiene para preservar a saúde bucal e evitar problemas que possam atrasar os resultados desejados.

Além da importância da higiene bucal, sabemos que quem usa os modelos fixos precisa ficar mais atento para que os resíduos de alimentos não fiquem presos à estrutura do aparelho, comprometendo tanto a saúde como a aparência.

Como montar um kit básico e útil?

Para montar um bom kit é preciso ter em mente que o paciente deve contar com tudo que for necessário para higienizar os dentes e o aparelho fora de casa. Então, ele estará mais seguro carregando-o na bolsa, no carro, deixando-o no local de trabalho etc.

Veja, a seguir, algumas dicas importantes:

1. Escolha uma escova de cerdas macias

Na hora de escolher uma boa escova, a principal dica é optar por modelos de cerdas macias e retas. Um outro detalhe relevante é que a cabeça da escova não pode ser muito grande, porque isso dificulta que ela alcance os dentes posteriores.

É bom lembrar ao paciente que a escova de dentes do kit também deve ser renovada, normalmente a cada três meses — ou até antes disso, caso esteja muito desgastada.

2. Prescreva um creme dental especial

O creme dental é um facilitador da escovação, ajudando na remoção da placa bacteriana, na preservação do esmalte dentário e na renovação do hálito.

Nesse caso, a melhor maneira de oferecer um tratamento diferenciado é prescrever um creme dental individual, segundo as características e histórico odontológico de cada paciente.

3. Não esqueça do fio dental

É sempre bom ressaltar para os pacientes que o fio dental não deve ser utilizado apenas de vez em quando. Pelo menos uma vez ao dia ele precisa ser passado entre todos os dentes, já que as escovas não conseguem atingir todos os espaços.

Sem esse passo a limpeza não estará completa, principalmente para os pacientes que usam aparelhos ortodônticos que geralmente correm maior risco de ficar com algum resquício de alimento preso, causando incômodo, mau hálito ou até cáries.

4. Ofereça acessórios que facilitem o dia a dia

O ritual de higiene diário de uma pessoa que usa aparelho ortodôntico pode requerer alguns acessórios para facilitar o processo. No caso dos aparelhos fixos, instrumentos como uma escova interdental e passa fio podem ser bastante úteis.

Já quem faz o tratamento com os alinhadores removíveis tem maior facilidade para adaptação e higiene, pois eles podem ser retirados tanto na hora de comer como no momento de fazer a escovação.

5. Coloque tudo dentro de um local específico

Nesse ponto, é essencial orientar os pacientes de que carregar escovas e outros acessórios jogados na bolsa não é recomendável. É preciso ter mais cuidado para que eles não se misturem com objetos como carteira, dinheiro, chaves, entre outros.

Isso aumenta o risco de contaminação dos acessórios de limpeza, reduzindo, inclusive, a vida útil da escova. Portanto, dê o exemplo e ao montar o kit não se esqueça de guardá-lo em uma caixa, estojo ou bolsa para deixá-lo mais protegido.

E então, gostou das nossas recomendações para montar o kit de higiene bucal? Para continuar recebendo outras dicas e informações, não deixe de seguir os nossos perfis no Facebook e no Instagram!

 

Mix de serviços: como oferecer diferentes ofertas odontológicas?

85532 mix de servicos como oferecer diferentes ofertas odontologicas

Na atualidade, ter um bom mix de serviços no consultório odontológico é fundamental para atender bem e corresponder às expectativas dos mais diversos perfis de pacientes.

No artigo de hoje, vamos apresentar algumas estratégias que vão ajudá-lo a planejar o mix de serviços do seu consultório com foco na fidelização. Confira!

Entenda os desafios da fidelização de pacientes

Em um mercado bastante dinâmico e competitivo, garantir a fidelização de pacientes tornou-se um objetivo estratégico cada vez mais desafiador para os dentistas que fazem a gestão do seu próprio consultório.

É preciso atender bem às necessidades dos mais diferentes tipos de pacientes. Mas, por outro lado, é importante realizar um atendimento personalizado, que demonstre para cada pessoa o quanto os serviços de saúde bucal oferecidos a ela são cuidadosamente planejados e executados.

Conheça, a seguir, 5 posicionamentos estratégicos que ajudam a garantir a consolidação de um mix de serviços diversificado e abrangente para o seu consultório.

Promova a integração de serviços

Para que o seu consultório odontológico possa atender às mais diferentes demandas em saúde bucal apresentadas por cada paciente, você precisa promover a integração de serviços, oferecendo procedimentos complementares.

Vejamos alguns exemplos:

  • o paciente que inicia um tratamento ortodôntico certamente precisará dos atendimentos para manutenção;

  • quem se submete a uma cirurgia para extrair o siso ou realizar um implante deve receber atenção ao longo do pós-operatório;

  • depois da obturação de cáries ou a remoção de tártaro, é necessário realizar periodicamente a limpeza dentária no consultório odontológico, para evitar recidivas.

Para obter sucesso na integração de serviços, lembre-se de manter a organização e a assepsia do consultório em dia. Assim, você garantirá a pontualidade, a agilidade e a qualidade no atendimento.

Ao oferecer serviços complementares no seu consultório, fica mais fácil ter um atendimento abrangente, capaz de cuidar da saúde bucal de pacientes de todas as idades.

Crie estratégias para atender toda a família

Poder contar com o mesmo consultório odontológico para realizar os cuidados com a saúde bucal de toda a família é um excelente fator de fidelização.

Além de garantir serviços destinados às intercorrências mais comuns de cada fase da vida, é preciso adequar os espaços aos diferentes interesses, criando ambientes que acolham bem crianças, jovens, adultos e idosos.

No entanto, criar um mix de serviços capaz de atender aos mais diferentes perfis de pacientes exige o investimento em tecnologia.

Invista em inovação e tecnologia

A indústria odontológica oferece cada vez mais possibilidades para melhorar o atendimento dos pacientes, com tecnologias e equipamentos que são menos invasivos, mais seguros e de melhor apresentação estética.

Um bom exemplo são as novidades no clareamento dental, os aparelhos ortodônticos translúcidos, a anestesia sem dor e a lente de contato odontológica.

Portanto, você deve acompanhar as inovações em odontologia para garantir que o seu mix de serviços ofereça o que há de mais moderno no mercado, sendo que, para isso, a capacitação constante é fundamental.

Uma das ações necessárias para que o seu consultório possa acompanhar a evolução tecnológica é a capacitação profissional.

Otimize o treinamento e a capacitação

Uma vez que a odontologia está em constante desenvolvimento, apenas o investimento em capacitação garantirá a atualização de conhecimentos e o aprimoramento de técnicas.

Para otimizar os processos de treinamento, uma boa estratégia é dar ênfase na evolução em determinados procedimentos ou ferramentas que sejam um diferencial competitivo para o seu consultório.

Por fim, para oferecer um bom mix de serviços no seu consultório é preciso garantir que o relacionamento com os pacientes seja uma prioridade estratégica.

Inclua o relacionamento no seu mix de serviços

O consumidor atual é extremamente exigente e bem informado. Ele busca nos produtos e serviços que consome um diferencial, algo que o faça sentir empoderado e acolhido. Nesse sentido, o relacionamento entre o dentista e seus pacientes adquire uma importância cada vez mais estratégica.

É por meio de uma abordagem personalizada, centrada nas necessidades da pessoa, que o seu consultório odontológico conquistará a confiança e o reconhecimento dos pacientes, promovendo a fidelização.

Quer saber mais sobre como diversificar o mix de serviços do seu consultório ou sobre estratégias para fidelizar seus pacientes? Entre em contato com a Compass!

Análise de concorrência: saiba como fazer uma pesquisa de qualidade

83915 tarefa para 2404 ate 17h analise de concorrencia saiba como fazer uma pesquisa de qualidade

Já é de comum acordo dizermos que para uma clínica se destacar no mercado, ela deve ter boas práticas de gestão interna, funcionários qualificados e uma prestação de serviço diferenciada. Mas você já tentou entender como a concorrência pode ser uma vantagem no mundo dos negócios?

A análise de concorrência permite ao empresário definir padrões de qualidade que se sobressaiam: entender sobre o competidor ajuda a definir melhores métricas para uma boa produtividade no serviço.

Pensando nisso, hoje vamos falar sobre como fazer uma pesquisa de qualidade, traçando principais pontos a serem levados em conta e como aproveitar ao máximo essas informações. Acompanhe!

Como fazer uma boa pesquisa de qualidade?

Tão importante quanto entender o próprio negócio é saber como o concorrente atua, suas melhores práticas e o que ele tem oferecido para “brigar” pelos seus pacientes.

Diferentemente do varejo, em que o acesso aos pontos de venda é amplo, em clínicas (que seguem o segmento B2B, sigla para business to business) existem formas de se coletar informações de forma estratégica.

Identifique seus principais concorrentes

O primeiro passo é listar os concorrentes da sua região, permitindo delimitar uma área em que há uma maior disputa pelos pacientes.

Procure por todos aqueles que prestam o mesmo tipo de serviço que você, seja na mesma rua, bairro, ou em quaisquer localidades que seu negócio alcance, priorizando aqueles que você acredita ter o maior potencial de disputa. Essa identificação permite que você dê o próximo passo!

Colete informações

O próximo passo da análise de concorrência é coletar informações sobre essas clínicas — e você pode seguir algumas maneiras práticas de fazer isso!

Artigos de jornais, imprensa, sites, relatórios anuais e folhetos podem trazer informações sobre seus lucros e produtos. Faça um monitoramento desses dados com um software para tornar a coleta mais precisa.

Acompanhar informações como promoções, campanhas publicitárias, posts em blogs e atividades em mídia também são boas práticas para ter um controle de preços e boas práticas dos concorrentes!

Aponte suas vantagens

Uma vez com os dados coletados, é hora de fazer uma análise interna da sua clínica: quais são os pontos fortes? Em que ponto perde mais pacientes? Seu controle de marketing tem tido efeito?

Nesse passo, é possível traçar quais são suas melhores maneiras de captar e manter pacientes e onde você tem pecado. Talvez seja a hora de investir em uma campanha melhor, fazer um melhor controle do público, ou investir em algum outro ponto.

Aponte a vantagem deles

Assim como a análise interna da sua companhia, faça a análise dos concorrentes, tentando traçar as suas qualidades e de que maneira eles se destacam.

Defina sua posição competitiva

Uma vez que você possui todas as informações necessárias para fazer essa pesquisa, comparando com o que você e seus concorrentes têm oferecido para conquistar os pacientes, é hora de definir uma posição competitiva.

Faça um planejamento do que deve ser feito para cobrir suas falhas, bem como invista em superar os pontos fortes dos seus competidores, seja melhorando preços, investindo em publicidade etc.

A disputa de mercado está presente na vida de qualquer empresário, mas simples atos como fazer uma análise de concorrência pode ajudá-lo a se destacar e atuar de maneira mais estratégica.

Gostou do nosso artigo de hoje? Então siga a gente nas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram) e encontre diversas dicas para ajudá-lo a gerenciar a sua clínica!

Saiba como fazer uma pesquisa de satisfação de pacientes em 6 passos

83678 saiba como fazer uma pesquisa de satisfacao de pacientes em 6 passos

Uma das maneiras de trabalhar na atração e fidelização de pacientes é realizando uma boa pesquisa de satisfação. Afinal de contas, o que faz com que um paciente retorne à clínica é que ele saia dela sempre satisfeito.

Isso não quer dizer que alguns erros não aconteçam vez ou outra, mas sim que eles podem ser superados. Por isso é tão importante conhecer o seu público para buscar atendê-lo da melhor maneira possível, destacando-se frente à concorrência.

Então, para aprender algumas dicas de como receber esse feedback e investir em melhorias, leia o post a seguir.

1. Busque entender seu público-alvo

Para atender bem os seus pacientes vale a pena procurar saber o que eles pensam, precisam, valorizam ou preferem. É claro que os próprios resultados da pesquisa de satisfação vão ajudá-lo nesse sentido, mas faça uma pesquisa prévia para que as perguntas sejam mais direcionadas.

Por exemplo, se você trabalha com um público de poder aquisitivo mais elevado, provavelmente pode investir mais em materiais importados e diferenciados. Já se pretende concorrer com baixos preços, talvez os pacientes tenham outras prioridades.

2. Elabore um questionário

Depois de refletir sobre seu tipo de público, o ponto de partida é mesmo criar um bom questionário para ser respondido. No entanto, em vez de fazer isso de qualquer maneira, siga algumas dicas relevantes, como:

  • seja claro e objetivo, dificilmente as pessoas têm muito tempo disponível para responder questionários longos e complexos;

  • coloque as perguntas mais importantes primeiro, para conseguir respostas mais completas para elas;

  • uma maneira prática é criar escalas (de 0 a 10 ou de 0 a 5) para o paciente dar notas para quesitos como atendimento, higiene ou conforto;

  • deixe espaço para justificativas e sugestões de melhorias.

3. Considere a experiência do paciente

No caso de prestação de serviço, normalmente o que conta muito é a experiência que o paciente tem com determinada clínica ou profissional. O conhecimento do dentista é essencial para realizar os procedimentos de maneira correta, segura e responsável.

Mas outros pontos também influenciam e merecem estar no questionário, como a receptividade, a limpeza do local, as opções de entretenimento enquanto se espera, a qualidade da gestão (quanto aos atrasos) etc.

Às vezes, você pode estar investindo em uma assinatura de revista em vão, sendo que seria mais útil melhorar o Wi-Fi, por exemplo.

4. Inclua um tópico para avaliação da equipe

Há muitos casos de ótimos profissionais que acabam perdendo pacientes e ficando com uma agenda desocupada sem nem mesmo saber o porquê. E muitas vezes o problema está em um funcionário mal humorado ou que faz muita confusão com os horários.

Ou seja, ainda que o dentista seja uma peça fundamental para atrair e fidelizar pacientes, não tenha dúvidas de que toda a equipe também faz a diferença. Por isso, já que o objetivo é promover a satisfação do paciente, todos devem ser envolvidos nesse propósito.

5. Deixe a pesquisa de satisfação bem acessível

Devido à importância de ter esse feedback direto do público, é necessário que você chegue até ele de forma prática e acessível. E a tecnologia tem sido a melhor solução para viabilizar esse tipo de estratégia, embora o questionário em papel também possa ser utilizado.

Portanto, esteja aberto a todas essas vias para facilitar que mais pessoas respondam à pesquisa. Você pode enviar por e-mail, disponibilizar nas suas redes sociais, deixar algumas cópias na clínica… enfim, pergunte ao paciente sobre as suas preferências.

6. Faça a lição de casa

Por fim, não adianta realizar todo esse processo se você simplesmente juntar os resultados e arquivá-los. O que importa é reservar um tempo para ler todas as pesquisas e levantar os dados obtidos.

Anote as principais reclamações, considere se as sugestões de melhorias são viáveis e fique atento a todos os pontos que receberam notas mais baixas nas escalas.

Então, trabalhe com a sua equipe para melhorá-los e não deixe de refazer a pesquisa de satisfação periodicamente para conferir se os pacientes perceberam alguma evolução!

E aí, entendeu um pouco mais sobre como fazer uma pesquisa de satisfação? Não se esqueça que ter uma clientela satisfeita é um grande privilégio para o seu negócio! Agora, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais?

Aumente a fidelização com um atendimento aos pacientes de qualidade

74486 aumente a fidelizacao com um atendimento aos pacientes de qualidade

Com o passar dos anos, a relação médico-paciente tem se tornado cada vez mais impessoal, consequentemente, muitos tratamentos iniciados com um profissional de saúde, simplesmente, não têm continuidade.

Por isso, é tão importante estreitar a relação de atendimento com os pacientes, garantindo uma consulta produtiva, seja qual for a especialidade do profissional ou o porte do consultório.

Afinal, a fidelização se torna natural, na medida em que se atinge a confiança no doutor enquanto pessoa e como profissional da área de saúde.

E é exatamente por isso que listamos algumas iniciativas úteis para desenvolver um atendimento aos pacientes de qualidade, garantindo, assim, a conquista e a continuidade do tratamento. Acompanhe os tópicos seguintes e tire suas dúvidas sobre o assunto!

Atendimento aos pacientes humanizado

Por maiores que sejam os esforços no intuito de melhorar o acolhimento no consultório, nada superará a relação direta entre o médico e seu paciente. E é imprescindível levar em consideração que o marketing boca a boca é o mais barato e eficaz para qualquer negócio.

Para um atendimento humanizado, é interessante se concentrar em atender ou até superar as expectativas do público. Por isso, é importante cultivar uma relação positiva, mostrando-se atento e interessado na história de cada indivíduo, dirimindo todas as dúvidas com paciência.

Ainda sobre oferecer um atendimento mais acolhedor e diferenciado, é uma boa prática conduzir os pacientes até a porta na hora da saída. Sim, muitos dão valor a pequenas iniciativas como essas.

Treinamento de pessoal

Um grande passo no intuito de proporcionar um atendimento de qualidade é desenvolver políticas e capacitar a equipe. As secretárias, por exemplo, normalmente, são o cartão de visitas e treiná-las adequadamente deve garantir uma ótima primeira impressão.

Ainda sobre o trabalho das secretárias, um aspecto delicado de todos os segmentos é a cobrança pelos serviços. Por isso, essas profissionais devem ser cuidadosamente orientadas a discriminar de forma clara os valores cobrados, respondendo qualquer eventual dúvida com atenção e simpatia.

Escuta ativa e comunicação clara

Ainda que o atendimento humanizado tenha sido mencionado mais acima, é importante dedicar um tópico específico ao presente tema.

Ouvir com atenção é muito mais do que escutar tudo o que o paciente tem para dizer. É entender todos os pontos, interromper, se necessário, questionar, e manter-se atento aos detalhes.

Muitos pacientes se queixam que o profissional de saúde não ouviu nada do que ele tinha a dizer, que não fez quaisquer perguntas ou que não mostrou interesse nos acontecimentos relatados.

Desenvolver uma comunicação clara e objetiva gera confiança e ajuda o paciente a seguir à risca as orientações do tratamento. E isso inclui traduzir as expressões médicas em termos fáceis de serem assimilados.

Serviços de copa

Dentre as iniciativas para um atendimento aos pacientes de qualidade, a disponibilização de um espaço limpo e organizado, com café, suco ou até mesmo opções de chá ou bolachas, é uma excelente demonstração de cuidado e preocupação com o bem-estar dos pacientes.

Enfim, um local com água sempre gelada, copos descartáveis e bebidas quentes sempre disponível é uma boa maneira de deixar todos à vontade e criar um ambiente de acolhimento.

E agora? Já se sente preparado para adotar essas iniciativas e oferecer um atendimento aos pacientes de qualidade? Não se preocupe, se ainda tiver alguma dúvida, deixe um comentário!

Saiba como atrair pacientes usando 4 técnicas de vendas

77888 saiba como atrair pacientes usando x tecnicas de vendas

Consultórios odontológicos, apesar de seu caráter bem distinto enquanto um negócio, ainda são empresas que precisam de clientes. Nesse caso, os pacientes. É verdade que há muitas particularidades nesse ramo, mas também há muitas técnicas de vendas que podem ser aplicadas para atrair pacientes. Basta que sejam minimamente adaptadas.

O conhecimento de vendas, na maioria dos casos, pode ser aplicado em qualquer contexto empresarial, já que as diferenças entre as empresas não são tão grandes. Todas precisam de divulgação, causar uma boa impressão e ter mecanismos para manter o fluxo de caixa no positivo. E consultórios odontológicos precisam desse tipo de movimento para continuarem funcionando.

Para ajudá-lo nessa tarefa, trouxemos 4 técnicas de vendas que são perfeitamente aplicáveis para atrair pacientes para o seu consultório odontológico. Acompanhe:

1. Tenha vários canais de atendimento

Um quesito forte para a escolha de vários consumidores é a forma de atendimento. Alguns preferem utilizar o telefone, enquanto outros se sentem mais à vontade com o autoatendimento online. Possuir vários canais faz com que você facilite a entrada de todos estes grupos no seu consultório.

Além disso, caso um dos meios apresente algum defeito, é possível redirecionar os pacientes para o próximo. Em última instância, sempre haverá uma forma mais fácil de entrar em contato com você.

2. Estimule o senso de urgência

Uma forma de atrair pacientes é lembrá-los que o tratamento é necessário. Muitos consumidores aceitam fazer uma compra assim que descobrem que algum produto ou oferta é limitado. Nesse caso, estamos lidando com a saúde bucal, que é muito mais relevante do que a compra de um bem comum.

Apenas tome cuidado para não soar ameaçador nem despertar algum tipo de preocupação desnecessária. Use um tom suave, ressaltando quais problemas podem ser resolvidos com idas regulares ao consultório e pequenos tratamentos.

3. Foque nos benefícios

Você pode até conseguir atrair pacientes com o reforço que mencionamos acima, mas ele não deve ser seu principal recurso. As pessoas terão uma aceitação melhor das suas propostas se você mostrar os benefícios primeiro. Afinal, começar uma venda falando apenas em problemas odontológicos não é nada promissor.

Lembre-se de que diferentes pessoas têm prioridades distintas. Encontrar os benefícios que mais interessam cada um é uma boa forma de aumentar suas chances de venda.

Por isso, faça uma pesquisa com seus pacientes atuais e veja qual perfil busca mais um determinado tipo de serviço. Logo, você notará padrões de quais são mais buscados e poderá usá-los quando um novo paciente chegar.

4. Trabalhe a fidelidade

Nem sempre basta apenas atrair pacientes. Você precisa que eles continuem marcando novas consultas. Em vendas, isso é chamado de “fidelidade”. Uma forma de fidelizar um cliente é simplesmente oferecer bom serviço e atendimento. Se um cliente sai satisfeito, as chances de que retorne são bem maiores.

Outra maneira simples é criar um programa de fidelidade, como um brinde para pacientes mais antigos, ou um cartão de fidelidade. Se alguém recebe mais benefícios por continuar se consultando com você, é mais uma razão para retornarem.

Agora que você já conhece algumas técnicas para atrair pacientes, é hora de aplicá-las no seu consultório odontológico. Quer continuar acompanhando nossos conteúdos? Então siga-nos no Facebook, Twitter e Instragram e fique por dentro de dicas e novidades!

Marketing odontológico: 4 dicas para divulgar sua clínica

75707 marketing odontologico 4 dicas para divulgar sua clinica

Estratégias de marketing diferenciadas têm sido aplicadas em todos os segmentos do mercado, especialmente de acordo com o público de cada área, pois destacar-se exige sabedoria e planejamento.

Não basta inovar: é fundamental que o público reconheça que o seu serviço é melhor e mais moderno que os dos demais profissionais.

Ainda não sabe como se sobressair e ter espaço em sua área? Para que você entenda de vez como investir no marketing odontológico e aumentar sua visibilidade e alcance, apresentamos 4 dicas para divulgar seu trabalho e gerar os melhores resultados e com retorno certeiro. Siga a leitura e descubra:

Os benefícios do marketing odontológico

O mercado odontológico oferece várias opções de valores e qualidade da prestação de serviços. O profissional que pretende se destacar precisa investir na divulgação daquilo que oferece, mostrando ao público como se diferencia dos demais e o porquê de sua prestação ser melhor do que a dos outros.

Fazer uso do marketing odontológico mostra-se a melhor opção para o desenvolvimento de vantagem competitiva e conquista de espaço. Vale aquela velha máxima de que “só é lembrado quem é visto”.

Em momento de crise, só sobrevive quem se reinventa e acompanha novidades. Apostar em tecnologia é uma forma certeira de se sobressair e adaptar às exigências do consumidor moderno. A clínica que trabalha com planejamentos em 3D e alinhadores se destaca por ter um diferencial, por exemplo.

As 4 melhores dicas para aplicar o marketing na sua clínica

1. Crie e faça a manutenção frequente de redes sociais

A primeira ação de muitas pessoas que procuram um profissional na área de odontologia é entrar na internet, pedir indicações para amigos e procurar a página da clínica desejada para que possa conhecê-la antes mesmo de entrar em contato.

Criar páginas em redes sociais e mantê-las atualizadas é essencial para que você alcance não só pacientes em potencial, mas também aqueles fidelizados que buscam novos procedimentos e promoções. Não aproveitar esse espaço significa desperdiçar oportunidades importantes.

2. Aposte no marketing de conteúdo

Já ouviu falar em marketing de conteúdo? É aquele feito de forma sóbria e não agressiva, a fim de ajudar o público a identificar uma dor ou problema e auxiliá-lo a resolvê-lo com os conhecimentos de quem entende do assunto.

O bom profissional sabe que apostar nesse tipo de marketing é alternativa muito interessante e positiva. Pacientes em potencial podem buscar por limpezas e cirurgias e acabar se deparando com a resposta em seu site, aumentando sua visibilidade e fazendo com que sua clínica se torne uma opção.

3. Crie parcerias com outras empresas

Pense que um paciente busca uma especialidade que você não oferece. Você não quer deixar na mão o interessado, nem perdê-lo para futuras consultas. Certamente outros profissionais passam pelo mesmo dilema diariamente.

Já pensou em criar parcerias para satisfazer tais pacientes? Enquanto você atende uma especialidade, um colega pode atender outra necessidade que você não cobre, e em troca ele pode fazer o mesmo por você!

4. Nutra o relacionamento com o paciente

O paciente deve ser sempre a prioridade número um do profissional, afinal, é ele quem mantém o negócio vivo. Crie metas, promoções, programas de fidelização e atenda-o sempre bem para que ele sempre retorne e indique seus serviços para outras pessoas.

É importante nutrir o relacionamento e buscar sempre melhorar possíveis deficiências encontradas por pacientes na clínica. Um questionário de avaliação do atendimento pode ser útil na tarefa.

E então, entendeu como melhorar o marketing odontológico em sua clínica? Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram e Twitter para não perder mais nenhuma dica como estas!

Gestão de consultório: saiba como melhorar seus resultados

72838 gestao de consultorio saiba como melhorar seus resultados

Para que o profissional de odontologia consiga se destacar no mercado, não basta ter apenas bons conhecimentos sobre a sua área de atuação, também é preciso saber gerir um negócio, para que se possa alcançar bons resultados financeiros e criar uma boa relação com seus pacientes.

Pensando nisso, resolvemos criar uma lista com algumas dicas que são essenciais para uma boa gestão de consultório. Continue com a leitura e saiba quais são elas agora mesmo!

Selecione fornecedores de qualidade

Tudo começa na hora de contratar os fornecedores para a clínica. Quando se escolhe empresas com boa reputação e que oferecem produtos de qualidade, seu negócio passa a ter mais credibilidade, o que contribui para que os clientes fiquem satisfeitos.

Por outro lado, analisar somente o fator “preço” e optar por um contrato mais barato, em detrimento da qualidade, pode prejudicar o seu atendimento e os serviços prestados, causando uma imagem negativa.

Invista em infraestrutura

A infraestrutura de uma clínica também é fundamental para o negócio. Não se trata apenas de escolher uma boa decoração e iluminação adequada. Um ambiente aconchegante, organizado e que transmite seriedade afeta a experiência dos pacientes.

Essas questões também estão ligadas à imagem que a clínica transmite para o seu público. Portanto, é necessário escolher bem os móveis, os equipamentos, a iluminação e sempre lembrar de realizar manutenções nesses espaços.

A recepção merece uma atenção especial, já que ela pode ser uma espécie de “cartão de visitas” para os potenciais pacientes que chegam na clínica.

Otimize o atendimento

O atendimento aos pacientes é crucial para o sucesso do negócio, já que, sem eles, o negócio deixa de ter razão de ser.

Sendo assim, o ideal é investir no treinamento dos colaboradores, buscar entender as necessidades dos pacientes e atendê-las, tentar criar diferenciais e criar um relacionamento diferenciado, que ajude a fidelizar essas pessoas — e até mesmo fazer com que elas indiquem a clínica para outras.

Acompanhe os resultados de perto

Como dito inicialmente, também é preciso ser um bom gestor para conseguir obter resultados aprimorados no consultório. Isso quer dizer que é necessário acompanhar o desempenho dos processos, realizar análises, tomar decisões e criar um planejamento de curto, médio e longo prazo.

O monitoramento dos resultados financeiros é ainda mais importante, já que a saúde financeira é o fator que mais contribui para a perenidade do negócio.

Sendo assim, é ideal avaliar indicadores como faturamento, lucratividade, rentabilidade, recebimentos e endividamento, por exemplo, além de identificar as melhorias que podem ser feitas — principalmente no que tange à redução de custos.

Invista em tecnologia para otimizar a gestão de consultório

A tecnologia tem evoluído de tal maneira que cada vez mais surgem soluções voltadas para a otimização dos processos empresariais. Para ajudar a melhorar seus resultados, vale a pena investir em um sistema de gestão que automatize rotinas de atendimento, financeira e de compras, por exemplo.

Os benefícios da implantação de um software são vários, dentre eles a redução de custos, aumento da produtividade, melhoria no relacionamento com os pacientes e uma tomada de decisão mais acertada (com base nos relatórios que podem ser gerados e ajudam a compreender o andamento das atividades).

Quando se fala de melhorar os resultados da gestão de consultório, é mais do que indicado agir como um gestor que cuida da sua empresa, acompanhando todas as áreas, encontrando oportunidades de melhoria e, principalmente, mantendo o foco nos pacientes e como satisfazê-los.

O que achou deste artigo? Quer continuar acompanhando nossas publicações? Então assine a nossa newsletter agora mesmo e receba todas as atualizações em primeira mão!